Jul 20, 2024

Populações de Canoas e Esteio vão receber doações da Petrobrás

Populações de Canoas e Esteio vão receber doações da Petrobrás Divulgação Petrobras

A Petrobrás formalizou, semana passada, a doação de itens essenciais às populações dos municípios de Canoas e Esteio. O termo assinado com as duas prefeituras prevê a aquisição e distribuição de cestas básicas, colchões, camas, guarda-roupas, geladeiras e fogões. O objetivo é que esses itens ajudem no retorno das famílias às suas casas e na reconstrução de suas vidas. Desde o início dos eventos climáticos de maio, a Petrobrás já disponibilizou mais de R$ 30 milhões para ajuda ao RS. 

Leia o texto emitido pela Empresa: 

A Petrobras tem atuado de forma intensa no amparo às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Na última semana, a companhia, em articulação com o Governo Federal, formalizou a doação de itens essenciais às populações dos municípios de Canoas e Esteio.

O termo de doação da Petrobras, assinado com as duas prefeituras, prevê a aquisição e distribuição de cestas básicas, colchões, camas, guarda-roupas, geladeiras e fogões. O objetivo é que esses itens ajudem no retorno das famílias às suas casas e na reconstrução de suas vidas.

Desde o início dos eventos climáticos de maio, a Petrobras já disponibilizou mais de R$ 30 milhões para o Rio Grande do Sul. Além disso, uma série de iniciativas foram desenvolvidas para o enfrentamento da emergência:

Alojamento aos desabrigados

O Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE/Canoas) chegou a abrigar cerca de 600 pessoas. Foram oferecidos colchões, cobertores, roupas, água potável, materiais de higiene e alimentação.

Itens de primeira necessidade

Houve distribuição de 22.340 cestas básicas para as comunidades atingidas; 60 mil refeições desidratadas; 1.740 cestas básicas para prestadores de serviços da Refap e UTE Canoas; 1, 9 milhão de litros de água potável para a comunidade; 5.315 colchões; 3 mil cobertores e 100 banheiros químicos.

Doação de combustíveis

Foram doados cerca de 75 mil litros de Jet A, combustível para aeronaves da FAB; 8,8 mil litros de gasolina e 1,2 mil litros de diesel para o abastecimento de barcos, viaturas da defesa civil e polícia civil, além de para geradores de energia dos bombeiros, o que permitiu que resgates fossem feitos também durante a noite. Somente no que se refere aos combustíveis, a Petrobras doou o equivalente a R$ 2 milhões.

Cedência de equipamentos

A Petrobras cedeu três bombas das bases dos centros de defesa ambiental da companhia em Imbé (RS) e Itajaí (SC). Atendendo a um pedido do Ministério de Minas e Energia, esses equipamentos, que têm capacidade de sucção de 270 m³ por hora, ajudou a desalagar áreas menores, espaços confinados como interiores de edificações públicas. Um dos equipamentos foi utilizado para retirar a água de áreas alagadas no bairro Sarandi, em Porto Alegre, e as outras duas na região metropolitana.

Articulação com projetos patrocinados

De forma voluntária, o Centro de Formação Teresa Verzeri, que executa o projeto Criança Cidadã, patrocinado pela Petrobras, promoveu, durante todo o tempo que o CEPE abrigou pessoas, ações de cuidado e entretenimento para crianças e idosos.

Saúde física e mental

Equipes especializadas de atendimento psicológico e de assistência social da Petrobras se mobilizaram para contribuir em preservar a saúde física e mental de empregados e de prestadores de serviços. A população abrigada no CEPE recebeu EPIs para a prevenção de doenças infecciosas e leptospirose durante a atividade de limpeza das suas residências.

Crianças e jovens na Refap

Como atividade lúdica para crianças e jovens que estavam abrigados no CEPE, no dia 29 de maio, cerca de 50 crianças e adolescentes foram recebidos na Refap. O grupo teve o acompanhamento da equipe do Centro de Formação Tereza Verzeri, que também atua na ajuda às vítimas das cheias. As crianças e jovens puderam conhecer o laboratório e até fazer alguns experimentos.

Criação do grupo executivo para coordenação de ações

Além das respostas imediatas à emergência, a diretoria da Petrobras criou um grupo executivo para definir ações da companhia para contribuir com a reconstrução do Estado, no cuidado com as pessoas, trabalhadores próprios e de empresas contratadas.

Segundo José Maria Rangel, gerente executivo de Responsabilidade Social, “o apoio nos momentos de crises é uma ação fundamental para uma empresa socialmente responsável como é a Petrobras. Estamos também atentos aos desafios que estão pela frente e comprometidos com a retomada econômica e social do Rio Grande do Sul”.

Para o gerente geral da Refap, Marcus Valenti, “a Petrobras tem demonstrado seu compromisso ao atuar diretamente no apoio às vítimas das enchentes. Estamos buscando soluções que possam ajudar a amenizar as necessidades das comunidades”.

Facebook