Jul 20, 2024

Acidente na BRASKEM no Polo Petroquímico de Triunfo/RS

Neste domingo, dia 14, por volta das 18h, ocorreu um acidente com uma das três caldeiras da Braskem, na Unidade de Insumos Básicos Q2, no Polo Petroquímico de Triunfo. Esse acidente em uma das caldeiras, até onde o Sindicato dos Trabalhadores do Polo Petroquímico-RS (SINDIPOLO) pode apurar, causou fogo na área externa de uma das caldeiras, fogo este combatido pela Brigada de Emergência, composta majoritariamente pelos técnicos de operação da empresa.
A Unidade tem três grandes caldeiras de vapor para geração de energia elétrica para as demais plantas petroquímicas industriais. Uma destas caldeiras está em manutenção programada e as outras duas estavam gerando energia. Como uma delas pegou fogo, provavelmente, a outra não suportou a carga, fazendo com que as plantas industriais fossem desligadas. Isso fez com que as tochas (flare) tivessem que queimar os produtos químicos inerentes ao processo industrial, provocando um clarão visto a quilômetros de distância e preocupando os trabalhadores e os moradores da região.
O SINDIPOLO fez contato com a BRASKEM ontem após as 18h, mas a empresa alegou não ter informações para repassar ao Sindicato, e até o momento não se pronunciou efetivamente sobre o acidente.
Para o diretor do Sindicato, Ivonei Arnt, a atitude da empresa beira a irresponsabilidade. “Tivemos um acidente grave no Polo ontem à noite, sendo o Sindipolo informado, por parte dos trabalhadores e da comunidade, com grande preocupação sobre o ocorrido, mas a Braskem silencia, sem dar qualquer explicação efetiva sobre a extensão e abrangência do acidente”.
Este acidente é mais preocupante em um momento em que os trabalhadores estão com sua Saúde Mental/Emocional abalada, em função de a Braskem impor a assinatura de um novo Contrato Individual de Trabalho que colide com os Acordos Coletivos em vigência. “Devido a esta questão, entre outras, que a empresa vem gerando, o Sindipolo já alertou à empresa destes riscos, e, não venha ela agora querer culpar os trabalhadores pelo acidente. Os trabalhadores são as vítimas”, alerta Ivonei.
O SINDIPOLO, junto com o SINDICONSTRUPOLO, que representa os trabalhadores terceirizados, continua aguardando um efetivo retorno da Braskem e está buscando possíveis informações sobre o acidente com os trabalhadores.

Contatos:
Ivonei Arnt – Presidente do SINDIPOLO – (51) 9991.6652
Gerson Cardoso – Sec. de Relações Institucionais – (51) 99133.1670
Jorge Gomes – Sec. Jurídica – (51) 99245.8352
Nara Roxo – Jornalista – (51) 9912.7995

Facebook