Apr 13, 2024

AGORA É GREVE!

Sindipetro-RS

Mais de 97% dos petroleiros gaúchos rejeitaram a proposta apresentada pela Petrobrás no dia 19 de setembro. Além disso, durante as asssembleias realizadas nessa semana, seguindo os indicativos do Conselho Deliberativo da FUP, mais de 75% dos petroleiros aprovaram a greve de 24h a partir da meia-noite do dia 26 de setembro.

PORTANTO, OS TRABALHADORES DA PETROBRÁS S.A., TRANSPETRO S.A., UTE E POLO NAVAL ENTRARÃO EM GREVE A PARTIR DA MEIA-NOITE DESTA QUARTA-FEIRA, 26.

O sentimento geral dos petroleiros é de indignação com a proposta que foi apresentada pela Petrobrás. O aumento real proposto pela Empresa (entre 0,9% e 1,2%) além de não contemplar a reivindicação dos trabalhadores, está aquém do que tem sido conquistado por outras categorias.

Estudo do Dieese baseado em 370 negociações coletivas do primeiro semestre deste ano apontou que 97% das categorias conquistaram reajustes que, em média, representaram 2,23% de aumento real acima do INPC. Segundo o Dieese, foi o melhor resultado das negociações salariais desde 1996.

A greve de 24 horas na quarta-feira, 26, será de advertência. Na sexta-feira, 28, o Conselho Deliberativo da FUP volta a se reunir para discutir um calendário de luta mais contundente. Bancários e trabalhadores dos Correios já estão em greve em todo o país. Portanto, se a Petrobrás não apresentar uma nova proposta com avanços significativos, os petroleiros poderão ser a próxima categoria a cruzar os braços.

Facebook